+SOBRE A NEUROCIRURGIA

A Neurocirurgia é a especialidade que cuida de doenças do cérebro, medula, nervos e músculos.
O Neurocirurgião é o médico que se dedica ao estudo e tratamento das problemas do sistema nervoso. As doenças mais comuns tratadas por este profissional são:
– Cefaleias ou dores de cabeça
– Distúrbios do sono (insônia, excesso de sono, sono não restaurador, ronco, apneia do sono)
– Doenças cérebro-vasculares (AVC) ou “derrames”
– Distúrbios do movimento (como tremores, tics e doença de Parkinson)
– Demências (como doença de Alzheimer)
– Doenças desmielinizantes (como a Esclerose Múltipla)
– Neuropatias periféricas (como a diabética)
– Doenças musculares
– Desmaios, crises convulsivas e epilepsias
– Tonturas e vertigens
– Infecções do sistema nervoso (como meningites e encefalites)
– Tumores
– Doenças degenerativas do cérebro e da coluna.
– Déficit de atenção e hiperatividade
– Formigamentos, perda de memória, confusão, perda de força, alteração na visão, mudança de comportamento, etc.
A Neurocirurgia pode ainda ser dividida em 13 subespecialidades:
-Base de Crânio
-Epilepsia (Tratamento Neurocirúrgico da Epilepsia)
-Nervos Perifericos
-(Neuro)Radiocirurgia
-Neurointensivismo
-Neurotraumatologia e Neurocirurgia de Urgência/Emergência
-Hidrodinâmica e Neuroendoscopia
-Neurocirurgia Oncológica
-Neurocirurgia Vascular
-Neurocirurgia Endovascular (também conhecida como 'Neurorradiologia Intervencionista')
-Neurocirurgia Espinhal (Tratamento Neurocirúrgico das Patologias da Coluna e Medula Espinhal)
-Neurocirurgia Pediátrica (e Neurocirurgia Fetal)
-Neurocirurgia Funcional (Tratamento Neurocirúrgico da Dor e das Desordens dos Movimentos, Psicocirurgia, dentre outros sub-ramos mais específicos, como o tratamento de órgãos sensoriais disfuncionais por substituição por dispositivos artificiais)
Um neurocirurgião pode:
- tratar traumatismos cranianos, encefálicos, espinhais e de nervos periféricos;
- tratar lesões vasculares intracranianas e suas consequências: aneurismas, mal-formações artério-venosas, hemorragia, hematoma;
- tratar tumores do encéfalo e da caixa óssea craniana, bem como tumores da coluna.
- tratar hidrocefalia (algumas vezes intra-útero), meningocele, meningomielocele, siringomielia
- tratar edema cerebral, abscessos, parasitoses cerebrais, cistos, etc...
- tratar deformações congênitas do crânio; afundamentos e falhas ósseas;
- tratar casos selecionados de Doença de Parkinson e outras condições que exijam inserção de eletrodos no sistema nervoso central;
- tratar casos selecionados de epilepsia de difícil controle medicamentoso;
- tratar dores crônicas diversas com procedimentos cirúrgicos;
- tratar hérnia de disco, estenoses, degenerações discais sintomáticas, listese vertebral, escolioses, fraturas por osteoporose, síndrome facetária, compressão radicular, etc...
- inserir e retirar próteses diversas do crânio e coluna espinhal.
- trabalhar como pesquisador, perito médico judicial, professor, desenvolver próteses, etc...

WhatsApp Image 2018-11-07 at 11.04.10.jpeg

INSCREVA-SE

Inscreva seu endereço de e-mail e receba novidades e dicas. Rede Brasil AVC